domingo, 8 de junho de 2014

a tarde

Naquela tarde
Em que o entardecer
Surgiu nos teus olhos
Em doce perfume
E se expandiu
Por todo o meu ser
Eu vi a tua alma
De forme calma
E soube o quanto te amava.

Era toda a Avenida
Da Estrela vinda
Que se iluminava
Para te deixar passar
E formares um par.


LM_20.jun.2013



Sem comentários:

Enviar um comentário