terça-feira, 10 de junho de 2014

Ar

luís m castanheira

oh flor, oh doce amor               
oh regaço do meu enlaço
oh abraço
que calor
que sabor
que odor
desprendes ao teu redor.

e eu
preso a ti
aqui
por ti
respiro
essa vida
exalada
amada
medrada
que me tira do nada.


LM_ 01.10.97


Sem comentários:

Enviar um comentário