sábado, 28 de junho de 2014

estrela

foto Nasa




Há no ar um doce cheiro de luar
Uma suave luz que a ti me conduz
Um desejo premente de ver e olhar
Olhar que me vê no amor que produz



Há milhares de estrelas à vista de vê-las
Mas, ao contrário delas, tu és bem agora
Não te quero perder, nem a elas perde-las
Vocês ficam bem no horizonte da Aurora.

E, não fora o caminho, longo do destino
Levava-te a elas, com todo o carinho
Como uma bandeira de fiel peregrino
E aí igualavas na luz emanada do teu arminho,
Branca como o linho.


LM_12.dez.2013




Sem comentários:

Enviar um comentário