segunda-feira, 2 de junho de 2014

hosp S.José

foto: luís castanheira


abóbadas altas, imponentes
dum convento, hoje hospital
reconstruído edifício
após o terramoto de Lisboa
encontro-me sentado
numa cadeira de inox
com plásticos tipo verga
e á minha mercê
uma mesa redonda
de igual metal
que fazem parte do espaço
hoje bar de S. José, o hospital

medito, tarde e noite
nesta vida a passar
nas pessoas em sofrimento
e no contraste
de quem vem e de quem vai
e eu fico
a pensar
que a vida é isto:
o metal e a carne
em sentimento.



LM_



Sem comentários:

Enviar um comentário