segunda-feira, 2 de junho de 2014

“Verão Quente” -I


I

pela avenida ao entardecer
desceram  os teus olhos 
por todo o meu ser
e olhados de perto
na luz emanada
vi a tua alma
pura e perfumada.

(soube aí o quanto te amava)




Sem comentários:

Enviar um comentário