quarta-feira, 5 de agosto de 2015

outro sol

o sol brilhante faz-me lembrar outro amante
aquele que olhando a terra queimada
só vê a ausência volatilizada da sua amada
na penumbra nuclear devastadora e penetrante.

Sem comentários:

Enviar um comentário