sábado, 19 de dezembro de 2015

as irmãs

em cama partilhada
(mais precisamente, em camas encostadas)
deitadas a meus pés a vida corre adormecida.

são dois seres, que sendo irmãs,
têm uma diferença de idades de meros meses.

uma, ainda bébé, procura o aconchego da mais velha
e geme suavemente.

tapo-as delicadamente e com um simples afagar de mãos, acalmo os pesadelos
da mais nova.

tiveram um dia completo e agitado, mas foi linda esta aprendizagem.


sim, o milagre da vida está mesmo aqui, aos meus pés: duas cachorrinhas, a Shiva e a Lyra, ephanol breton.

contudo nunca me esquecerei do meu velho cão, saudoso Boss.


Sem comentários:

Enviar um comentário