segunda-feira, 11 de abril de 2016

há um rio...

há um rio

há um rio perdido ao olhar
há um rio, sim, há um rio
escondido, perdido no mar
correndo, preso por um fio
grito desprendido na solidão

sim, há um rio esperado em ti
uma voz sussurrante na mão
margens de braços abertos
onde explode submersa paixão.


....

Sem comentários:

Enviar um comentário