domingo, 27 de novembro de 2016

ausência



e tanta é
e tanta foi
e tanta tem sido
a espera

que já nada resta
na memória duma era.




1 comentário:

  1. também é verdade - quem espera desespera
    mas também esquece.

    abraço

    ResponderEliminar