domingo, 4 de dezembro de 2016

o teu nome, amor

nada de novo 
acontece, na manhã 
que amanhece.
só o teu nome
amor, dá aos céus o 
eterno clarão, escrito no 
beijo da tua mão.


1 comentário: