domingo, 8 de janeiro de 2017

contra-ponto

"solidão...
essa sensação que tudo foi em vão
e que a vida, já cansada da estrada,
fere a existência...e abre o vazio."
(comentário meu a um poema)

fotoLuísM

contra-ponto

os meus pés percorrem 
passo-a-passo
a existência que ganhei...

e a estrada está para além
do horizonte que sonhei.


5 comentários:

  1. parafraseando o "velho" Pessoa: faz-te ao caminho e a estrada faz-se...

    abraço, meu caro Amigo

    ResponderEliminar
  2. Que beleza! Que encanto!
    Quem dera eu tivesse o dom de dizer tanto com tao poucas palavras.
    Espero que além do horizonte haja tanta beleza como nas tuas palavras.
    Que solidão também é algo bom, nos faz ver além e quem sabe, um dia, amar também...

    P.S: obrigada pelo carinho

    Milhões de beijos

    ResponderEliminar
  3. Luis Castanheira
    Gostei e face ao belo pensamento poético ocorre o seguinte: "para andar um longo caminho, há que dar os primeiros passos".
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. mas é preciso se fazer à estrada, mesmo que não seja a que sonhamos...

    um poema curto e belo!

    boa semana.

    beijinhos

    :)

    ResponderEliminar
  5. O teu caminho poético é excelente, sempre!!

    Uma semana na paz, meu Amigo.

    Um beijo.

    ResponderEliminar