sábado, 5 de maio de 2018

em memória

- diz-me...!

diz-me quem és
pois do teu olhar
só a luz estrelar
chega a meus pés.

diz-me, amiga
onde foi parar
o sorriso aberto 
do teu coração.

levanto a memória
aos céus da bondade
e só raios de luz
rasgam o dia.

estão mais dispersas 
as sombras da noite
e as coisas são o que são: 
o corpo frio 
um beijo e um caixão...

um dia hei-de compreender...

lm_05.mai.2018


1 comentário:

  1. "...
    estão mais dispersas
    as sombras da noite
    e as coisas são o que são:
    o corpo frio
    um beijo e um caixão...
    ..."


    A vida... e a morte... resumidas.

    Um abraço

    ResponderEliminar