terça-feira, 17 de julho de 2018

ilusão

acordas, cidade, mas
não és assim tão bela,
mesmo na claridade.

entre vaidades,
no espelho de água,
não vês a verdade:

perto de ti, o Tejo 
corre com mágoas,
de alguém...

lm_17.jul.2018

Sem comentários:

Enviar um comentário